Bio

Márcio Vassallo nasceu no Rio de Janeiro, no dia 18 de dezembro de 1967. Jornalista e escritor, faz palestras e oficinas, há mais de vinte anos, em todas as regiões do Brasil, convidado por universidades, pelo Sesi, por empresas, pelo Sesc, pelo Proler (Programa Nacional de Incentivo à Leitura, da Fundação Biblioteca Nacional), ou por secretarias de educação e de cultura, escolas, seminários de educação e feiras de livros. Por conta desses compromissos, já se apresentou em centenas de lugares, até hoje, nos seguintes estados: Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, São Paulo, Brasília, Amazonas, Roraima, Santa Catarina, Paraná, Paraíba, Sergipe e Pernambuco.

Com títulos publicados na Itália, no Chile e na Argentina, Márcio é autor dos livros A professora encantadora, Minha princesa africana e De filho para pai, publicados pela editora Abacatte; A Princesa Tiana e o Sapo Gazé, O Príncipe sem Sonhos (editora Brinque-Book), O Menino da Chuva no Cabelo, Valentina, A Fada Afilhada e Da minha praia até o Japão (Global) e de Mario Quintana, primeira biografia do poeta gaúcho, lançada pela editora Moderna, dentro da coleção Mestres da Literatura. Todos esses livros foram selecionados para o Catálogo de Autores Brasileiros da Feira do Livro de Bolonha, na Itália, pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, seção brasileira do IBBY – International Board on Books for Young People, órgão consultivo da Unesco.

Valentina também foi escolhido como um dos trinta melhores livros do ano publicados no Brasil, pela Revista Crescer, e O Menino da Chuva no Cabelo foi selecionado para o catálogo The White Ravens 2006, organizado pela Biblioteca Internacional da Juventude de Munique, na Alemanha, entre milhares de livros enviados de todo o mundo. O The White Ravens 2006 reúne 250 títulos de 47 países, em 32 idiomas, e participou de uma grande exposição na Feira do Livro de Bolonha. A Biblioteca Internacional da Juventude de Munique é a maior do mundo na categoria, com um acervo de mais de 500 mil títulos de literatura infantil e juvenil.

Para a editora Guarda-chuva, junto com a escritora Maria Isabel Borja, organizou as coletâneas Valores para Viver e O Livro dos Sentimentos,  reunindo textos de alguns dos mais importantes escritores da língua portuguesa. Também pela Guarda-chuva, publicou o livro de entrevistas Mães – o que elas têm a dizer sobre educação. Convidado pela editora Globo, organizou e selecionou o título Para viver com poesia, antologia temática com pensamentos de Mario Quintana, também publicada na Itália pela editora Graphe, em edição bilíngue.

No final de 1999, foi escolhido pela revista Veja-Rio, em matéria de capa, como “um dos 100 cariocas de quem você vai ouvir falar no Século 21”.

Lançou o livro Seu conto é nossa história, publicado pelo Sesi Cidadania, programa da Firjan – Federação da Indústria e do Comércio do Rio de Janeiro, escrito em coautoria com mais de 200 crianças de onze comunidades com UPPs, incluindo Cidade de Deus, Alemão, Santa Marta, Tabajaras, Providência, e outras. Para produzir esse livro de frases poéticas, Vassallo concebeu, coordenou e realizou pessoalmente uma série de 22 oficinas em cada uma dessas comunidades.

Foi jurado do Prêmio Multicultural Estadão, do jornal O Estado de S. Paulo; do Prêmio Sesc de Poesia; e do Prêmio Carioquinha de Literatura Infantil, da secretaria municipal de cultura do Rio de Janeiro.

Convidado pelo Instituto Goethe, integrou a seleção brasileira de escritores, para uma partida de futebol com a seleção alemã de escritores, na Feira do Livro de Frankfurt. Na Feira, também participou de mesas redondas e de um sarau de textos inéditos junto com outros autores convidados.

Márcio Vassallo foi repórter do Segundo Caderno, do jornal O Globo, e do suplemento cultural Bis, da Tribuna da Imprensa. Como freelancer, colaborou com matérias, resenhas, entrevistas e outros textos para os cadernos de cultura dos jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Jornal do Brasil e O Estado de S. Paulo. Também escreveu textos encomendados pelas revistas Você S.A., da editora Abril; Crescer, da editora Globo; e Leituras Compartilhadas, da Ong Leia Brasil. Além disso, criou e editou ao longo de três anos o jornal literário Lector, entrevistando alguns dos principais autores, editores, agentes literários, professores e especialistas em educação e leitura do Brasil.

Vassallo também participa sempre de mesas redondas como autor e mediador, em encontros de mercado editorial, literatura e educação. No Rio, já fez palestras no Curso de Formação Executiva na Indústria do Livro, na Escola Superior de Propaganda e Marketing – ESPM – e oficinas de literatura, na Casa da Leitura, da Fundação Biblioteca Nacional. Também já mediou deu palestras e mediou mesas na FLIP – Festa Literária de Paraty.

Há 23 anos, Márcio Vassallo trabalha como mentor literário para autores de todos os gêneros e presta consultoria para editoras, avaliando projetos, originais, coleções e linhas editorais. Já trabalhou para as editoras Objetiva, Record, Moderna, Rocco, Geração Editorial, Versal, Ediouro e Campus/Elsevier.

É representado pela agente literária Lucia Riff, da Agência Riff.

Anúncios